Gravidez na Adolescência Sem Planejamento

gravidez na adlescência

Termine o colegial, vá para a faculdade, graduação, intercâmbio, continue se desencolvendo, construa uma carreira, case-se e tenha tempo para aproveitar a vida para dois. Bem, estes são apenas alguns dos eventos e realizações que fazem parte da trajetória de vida que uma adolescente quer ter. Mas o que fazer quando todos esses planos são interrompidos por uma gravidez inesperada?

Gravidez na Adolescência

No Brasil, metade das mulheres ainda engravidam sem planejamento, e esse cenário é ainda maior em adolescentes, quando em 80% dos casos ocorre a gravidez sem planejamento.

Embora existam tantos métodos de contracepção, este problema persiste, uma vez que mais de metade dos brasileiros em idade fértil e atividade sexual ativa não utilizam métodos contraceptivos. Como resultado, 45% dos casos são de gravidez não planejada.

Isso ocorre devido à falta de uso de contracepção ou uso indevido de contraceptivos.

Das mulheres que escolhem a pílula, 65% esqueceram de levá-la pelo menos uma vez nos primeiros três meses de uso, e a incidência de falhas contraceptivas nesses casos atinge 18%.

Mas esquecer de tomar um comprimido – é algo muito comum, especialmente na adolescência. Nesses casos, outra maneira de prevenir a gravidez é escolher métodos anticoncepcionais de longo prazo, como o DIU de cobre e DIU hormonal (também conhecido como SIU), dispositivos intra-uterinos com efeito contraceptivo até cinco anos, além de implantes hormonais que são injetados sob a pele por até três anos.

Veja mais sobre:  Seios Inchados – Por Que os Seios Doem

Além de ser prático, sem ter que lembrar de levá-lo todos os dias, esse tipo de contracepção tem um índice de eficiência de 20 vezes maior do que um comprimido.

Fale com o seu médico e escolha um contraceptivo que o deixe e seus planos estão sempre seguros!

Compartilhe: